MINHA ÚTIL SIMPATIA

MINHA ÚTIL SIMPATIA

By 29 de janeiro de 2015 Textos No Comments
caneta

Meu romance é áspero.

Por isso, já peço desculpas antecipadas.

Meu amor, mais do que nunca, é baseado na dor. Mas não é culpa dele. Foi só o que ele conheceu.

Sei a razão das perguntas que você me faz e se pudesse escolher, não te responderia nada.

O silêncio é realmente muito útil, pois só ofende os atentos.

Enquanto isso, todo meu processo está naquilo que você ainda não viu.

A possibilidade é um monstro quando, finalmente, se abre à frente de alguém que acreditava não ter possibilidades.

Por isso, guarde qualquer vaidade sem freio na noite de uma dança que duvida ter existido e só então venha tomar comigo um café da manhã. A partir de então, estarei sempre pronta para lambuzar sua boca com verdades silenciosas que você achava que minha ternura  nunca seria capaz de perceber.

Porém, minha ternura é áspera.

Por isso, já peço desculpas antecipadas.

Minha delicadeza, mais do que nunca, é baseada na dor. Mas não é culpa dela. Foi só o que ela conheceu.

Deixe um comentário